LHLN_Thumb
09.MAI.17 - 17:20

UMinho investe na mobilidade

Coordenando dois consórcios e obtendo financiamento para um terceiro projeto, a UMinho irá proporcionar 400 experiências de mobilidade. Com um financiamento próximo de um milhão de euros, a academia aposta forte na internacionalização.

 A Universidade do Minho obteve financiamento para mobilidades enquadradas no International Credit Mobility (ICM), para 27 países parceiros fora da Europa, para estudantes, trabalhadores, docentes e não docentes. Esta iniciativa surge no âmbito da candidatura institucional à Ação Chave 1 do Programa Erasmus+ em 2017.

 Entre os países incluídos nesta parceria estão Argélia, Arménia, Camboja, Chile, Colômbia, Coreia do Sul, Estados Unidos da América, Indonésia, Japão, Jordânia, Laos, Líbano, Macau, Malásia, Marrocos, México, Mongólia, Moçambique, Palestina, Rússia, Síria, Tunísia e Vietname.

 Através da mesma Ação Chaves foram também aprovados e financiados dois novos consórcios, liderados pela academia minhota. O consórcio Joint Academic Mobility Scheme with the MIddle East and South (JAMIES), em associação com as Universidades do Algarve, Nova de Lisboa, Porto e Trás-os-Montes e Alto Douro procura apoiar as Instituições de Ensino Superior nos países do Médio Oriente e do Sul.

 Por sua vez, o Consórcio UNorte Internacional, na qual a UMinho, a UPorto e a UTAD são parceiras, busca orientar a mobilidade na Europa de trabalhares docentes e não docentes.

 Com estes três projetos serão possíveis cerca de 400 mobilidades com um financiamento próximo de um milhão de euros.

Facebook Twitter