LHLN_Thumb
28.JUN.17 - 11:42

O Porto vai ter mais biodiversidade

Um dos três polos do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto vai ser inaugurado nesta sexta-feira. Situado na antiga casa da família Andresen, a Galeria pretende ser um espaço de união entre a arte e a ciência.

O Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, inaugura esta sexta-feira, 30 de junho, a Galeria da Biodiversidade da Universidade do Porto. A cerimónia começa às 17 horas e contará ainda com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, para além do Reitor da U.Porto, Sebastião Feyo de Azevedo.

A Galeria, instalada na Casa Andresen do Jardim Botânico do Porto, vai se tornar o primeiro polo do novo Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto a abrir ao público. Ao mesmo tempo será também o primeiro Centro Ciência Viva da cidade Invicta e o primeiro do país dedicado à biodiversidade.

O local, que ainda hoje tem o nome da família Andresen, foi palco das brincadeiras de criança de Ruben A. e Sophia de Mello Breyner. Hoje é um museu interativo, onde a arte e a biologia se juntam com a história natural, provocando experiências sensoriais.

Este novo Centro Ciência Viva pretende incentivar os visitantes a viajar pela ciência, literatura e arte, numa travessia que inclui as mais belas histórias da evolução da vida animal e vegetal. A Galeria e o Jardim Botânico serão um dos três polos do Museu, cujo polo central será no edifício da Reitoria e que se encontra neste momento em reabilitação infraestrutural.

Facebook Twitter