LHLN_Thumb
07.JUL.17 - 11:48

O Porto como “palco imenso”

De 7 a 15 de julho, a cidade vai transformar-se, sob a batuta da ESMAE, com 28 espetáculos de teatro, música e dança criados por alunos e professores de escolas de teatro nacionais e estrangeiras.

 O Festival SET é uma iniciativa da ESMAE, Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Politécnico do Porto e leva às ruas da cidade invicta espetáculos de teatro, música e dança, com a participação de grupos nacionais, da Galiza e do Brasil.

Antes de chegar aos palcos improvisados, dia 15 de julho, às 19 horas, o trabalho dos participantes será afinado numa residência artística, que começou dia 3 de julho e dura até à estreia. A oficina junta alunos de escolas nacionais e internacionais de teatro, superiores ou secundárias.


Segundo a organização, “a residência torna-se assim um ponto de partida para o pensamento do ensino artístico que tem por base a aquisição de conhecimentos e a aprendizagem partilhada, cuja filosofia vai ao encontro do objetivo do festival SET, que pretende implementar uma série de objetivos culturais, artísticos e pedagógicos, fomentando a união, discussão e reflexão de temáticas ligadas ao ensino artístico e à prática teatral atual.”

Um grupo de 15 alunos representando todas as escolas presentes vai preparar a peça final, que é também o espetáculo de encerramento do festival. O tema, “migrações”, não podia ser mais atual. A encenação estará a cargo do ator e encenador inglês Graeme Pulleyn. Da Estação de S. Bento à Praça do Infante, passando pela Praça das Cardosas, Rua das Flores, Largo de São Domingos e Ribeira, a animação é garantida.

Facebook Twitter