LHLN_Thumb
08.FEV.17 - 14:40

Estudantes portugueses são os mais românticos

Com o S. Valentim à porta, a Uniplaces desenvolveu um inquérito para registar os comportamentos amorosos de estudantes de 72 nacionalidades. O estudo revelou que os portugueses são os mais românticos, mas também os mais conservadores.

Um estudo, conduzido pela Uniplaces, conclui que os portugueses são os estudantes mais românticos. A plataforma online promoveu um inquérito junto de 3.200 alunos, de 72 nacionalidades, e 70% dos alunos lusitanos revelaram que basta estarem apaixonados para considerarem que estão numa relação.

Os resultados deste inquérito revelam também que os estudantes portugueses são, no geral, mais tradicionalistas e seguem as regras convencionais do namoro. Relativamente ao número de encontros amorosos, apenas 3% dos jovens nacionais garantem ter tido mais de 25 durante o ano de 2016.

Entre as nacionalidades mais «sexy», os italianos encabeçam a lista (40%), seguidos dos espanhóis, australianos e suecos. Curiosamente, tanto portugueses como britânicos votaram na sua própria nacionalidade como sendo a mais «sexy».

No que diz respeito às caraterísticas que tornam uma pessoa atraente, apenas 17% acredita que o aspeto físico é o mais relevante. A maioria (27%) afirma que o atributo mais importante é a personalidade, seguindo-se o humor e a inteligência.

Já no mundo das apps, a preferida para marcar um encontro continua a ser o Facebook, com WhatsApp, Instagram, Tinder e Snapchat também entre as opções populares. No entanto, 33% dos inquiridos revela que tem maior predisposição para marcar um encontro através dos amigos em comum.

Por fim, na intimidade, os portugueses e os italianos são mais conservadores, indicando que apenas têm relações sexuais quando estão numa relação séria (36%). Em sentido oposto, os espanhóis creem que qualquer momento é apropriado para avançar para essa fase de intimidade (63%).  

Facebook Twitter