LHLN_Thumb
10.ABR.17 - 17:50

Cheira bem, cheira a cinema

Pela 14.ª vez, o IndieLisboa traz ao cinema São Jorge filmes para todos os gostos. Além de mais de 70 curtas e longas metragens em competição, o festival apresenta documentários, filmes-concerto e homenagens a veteranos da cinematografia.

O cinema São Jorge recebe entre 3 e 14 de maio a 14.ª edição do IndieLisboa. Este ano, o evento homenageia dois cineastas: o francês Paul Vecchiali e o americano Jem Cohen.
 
Paul Vecchiali tem 86 anos e é autor de mais de cinquenta filmes. Em parceria com a Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema, o IndieLisboa vai apresentar uma retrospetiva composta por dezassete filmes, que retratam a vastidão da obra deste autor. Por seu lado, Jem Cohen é um artista multidisciplinar, cuja obra está patente em coleções, no Museu de Arte Moderna e no Whitney Museum de Nova Iorque. 

O festival conta ainda com duas competições: uma internacional, composta por 12 longas-metragens e 51 curtas, e uma nacional, constituída por 6 longas e 18 curtas.

O programa integra ainda o ciclo Novíssimos, no qual são destacadas as obras produzidas por jovens cineastas. Neste bloco podes assistir a filmes como “Laranja Amarelo”, “O meu pijama” e “Lenta Combustão”.

Destaque ainda para o cartaz do Silvestre, o segmento que o IndieLisboa reserva para mostrar obras de cineastas e autores consagrados. Nesta edição, o foco estará na dupla Gusztáv Hámos e Katja Pratschke. O húngaro e a alemã vão marcar presença no festival e serão exibidas obras da autoria desta dupla, como “1989. O poder real da televisão”, “Corda” e “Corpos Transpostos”. 

Por fim, para quem gosta de música o evento tem todo um cartaz dedicado a documentários e filmes-concerto. O «IndieMusic» vai refletir acerca da história dos Oasis, da voz dos Sleaford Mods e da herança deixada por James Lavelle.

Facebook Twitter